Kabinett Gries 2012

Kabinett Gries 2012

A Sessão Medalhistas Carpe Vinum abre seus artigos mostrando como a Alemanha trata de classificar os vinhos de lá. Com muita exigência e qualidade, as cepas germânicas transformam-se em ótimos vinhos, merecendo o reconhecimento ao redor do mundo!

O governo alemão mostra total zelo pelos seus rótulos. Além de organizações privadas, as agências governamentais alemãs conferem a seus produtos medalhas de atribuição de bons vinhos. Três exemplos são a Câmara de Agricultura do Estado Alemão Rheinland-Pfalz (Landwirtschaftskammer Rheinland-Pfalz), a Agência de Avaliação do vinho para o Estado Alemão Hessen (Landesweinprämierung Hessen) e da Câmara de Agricultura do Governo Federal Alemão (Deutsche Landwirtschafts-Gesellschaft ou "DLG").

O Estado de Rheinland-Pfalz avalia vinhos das regiões que governa, entre eles o Mosel, Pfalz, Ahr , Mittelhein , Nahe e Rheinhessen (totalizando cerca de 63% de toda a área de vinha alemã). Da mesma forma, o Estado alemão de Hessen avalia vinhos das regiões que governa, o Rheingau, Hessische e Bergstrasse. A DLG é uma agência federal e avalia vinho alemão de todas as treze regiões vinícolas reconhecidas oficialmente na Alemanha.

Todas as agências de usar o painel de testes de experimentação às cegas, concedendo prêmio de bronze, prata e ouro com base em um sistema de pontuação que vai até cinco pontos. Rheinland-Pfalz e a DLG atribuem ouro apenas aos vinhos que ganham pelo menos 4,5 pontos.

E foi sob essa avaliação que o Kabinett Weingun Gries conquistou sua medalha de prata para a safra de 2012, reunindo excelentíssimo rigor alemão na colheita manual e seleção das uvas, até a passagem pela produção Bio, que assegura a segurança dos processos naturais de vinificação e conservação.