Sobrou vinho. E agora?

Sobrou vinho. E agora?

Muitas vezes a gente tem aquela vontade de curtir um vinho, mas pode acontecer de não acabar com a bebida numa sessão só! Fica por dentro dessa dicas de conservação e tempo e duração dos vinhos pra que você possa aproveitar ainda mais suas garrafa!

ACESSÓRIOS  PARA AJUDAR NA CONSERVAÇÃO DO VINHO

Mesmo tampando a garrafa e cortando a entrada do oxigênio, o ar que já está dentro do recipiente continuará agindo sobre o vinho.

Alguns acessórios podem ser utilizados para ajudar na conservação do vinho que restou, preservando seu frescor e sabores por mais tempo.

Um deles é o de sistema a vácuo, que extrai o oxigênio e sela a garrafa. Muitos fabricantes dizem que o sistema preserva o vinho por até uma semana.

Aqui na Carpe Vinum voê vai encontrar a rolha salva-vinhos, muito eficiente para ajudar na conservação!

O outro é o sistema a gás, que cobre o líquido com um gás mais pesado que o oxigênio, formando uma camada protetora entre o vinho e o ar.

ONDE GUARDAR O VINHO DEPOIS DE ABERTO?

Se você possui uma adega de vinhos, o melhor lugar é guardar nela.

Caso não tenha, guarde-o na geladeira sempre tampado, pois o vinho dividirá espaço com outros alimentos que podem transferir cheiros a ele.

Se não for possível utilizar a própria rolha, procure por tampas específicas para vinhos tranquilos e vinhos espumantes.

Tente não guardar o vinho na porta da geladeira, o movimento diário agitará o líquido, fazendo-o oxidar mais rápido.

E, se possível, guarde-o em pé. Guarda-lo deitado fará com que uma maior superfície do líquido fique em contato com o ar dentro da garrafa.

POR QUANTO TEMPO OS VINHOS CONSEGUEM MANTER SUAS PROPRIEDADES?

Segue um alitinha simples para você se guiar na hora de guardar sua bebida

VINHOS ESPUMANTES

(Cava, Champagne, Prosecco)
1 a 2 dias na geladeira com tampa.

Vinhos espumantes perdem o gás e o frescor pouco tempo depois de abertos.
Aqueles produzidos pelo método champenoise tendem a durar mais que os produzidos pelo método charmat.

 

VINHOS BRANCOS LEVES E ROSÉS

(Pinot Grigio, Sauvignon Blanc, Riesling)
3 dias na geladeira com tampa.

Tendem a durar um pouco mais que os brancos encorpados devido a acidez elevada.

 

VINHOS BRANCOS ENCORPADOS

(Chardonnay, Marsanne, Sémillon)
2 a 3 dias na geladeira com tampa.

Tendem a durar menos que os brancos leves, pois tiveram maior contato com oxigênio durante processo de maturação (barris).

 

VINHOS TINTOS LEVES

(Pinot Noir, Gammay, Grenache)
3 dias na geladeira com tampa.

Tendem a durar menos que os tintos encorpados devido a falta de taninos.

 

VINHOS TINTOS ENCORPADOS

(Malbec, Cabernet Sauvignon, Tannat)
3 a 4 dias na geladeira com tampa.

Quanto mais taninos e acidez tiverem, mais tendem a durar.

 

VINHOS FORTIFICADOS

(Porto, Madeira, Jerez)
15 a 20 dias geladeira com tampa.

Tendem a durar muito mais devido a quantidade de açúcar e adição de álcool vínico.

 

E se eu beber o vinho após o tempo recomendado?

Teoricamente o vinho considerado passado não irá te fazer mal, apenas deixará de ser gostoso.

E não precisa esperar por dias para sentir a diferença no gosto. Basta algumas horas aberto para perceber que o vinho não terá o mesmo gosto do momento de sua abertura.

Se você não consumiu o vinho dentro do período indicado, não precisa se desfazer dele. Você pode utilizá-lo para cozinhar, por exemplo.

A vida é muito curta para guardar vinhos, mas caso sobre um pouquinho, siga as dicas acima para melhor aproveitá-los! Até a próxima!